Coronavírus

Coronavírus: Guerra política e de narrativas depois do pronunciamento do presidente, onde ele cita que os meios de comunicação espalham 'pavor'

Marcos Pereira
Escrito por Marcos Pereira em 26 de março de 2020
Coronavírus: Guerra política e de narrativas depois do pronunciamento do presidente, onde ele cita que os meios de comunicação espalham 'pavor'
Junte-se a mais de 1000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Jornalismo em Declínio

É uma pena chegar em 2020 e ver manchetes dos principais Jornais do país trocarem ainda mais “FARPAS” em momentos como este, onde estamos sendo botados à prova em todas as classes, religiões, mercados, profissões e por ai vai, que precisa suprir todo o nosso sistema do país.

Guerra de “contradições e narrativas” colocam o Brasil divido em meio a crise do coronavírus

Mais parece que o verde e amarelo nunca estiveram tão sem cores em nossa bandeira nacional, parece que o hábito de não se importar se tornou igual ao de não se prevenir. O medo vem se tornando maior que a própria doença, e quando pela 1º vez no nosso tempo e história vivemos uma PANDEMIA, estamos conseguindo entrar ainda mais em contradições do que em razões, (Razões pra existir) não se trata mais de política, economia, credo entre tantos outros assuntos!

O dia em que a sua vida parou!

Hoje somos bilhões conectados na internet, somos todas as pessoas, industrias, lojas, supermercados, mercadinhos, médicos, enfermeiros, caminhoneiros, investidores, jogadores, artistas, celebridades, cientistas, religiosos e descobridores que se conectam com toda a uma economia, e fazem todo o “SISTEMA” funcionar, pois nos somos ele, fazemos parte dele, nós somos uma “ENGRENAGEM” que jamais pode parar de girar.

Sua vida parou, seu sonho, meta, viagem, e tudo parece que mudou da noite pro dia como diz o bom ditado, mas a Terra não parou e nem vamos parar, mas estamos desacelerando e se perdendo em muitas curvas, e um exemplo claro é o respeito ao próximo. O momento não é de ataques, reivindicações, cobranças exacerbadas, pânico, histeria coletiva e instinto de sobrevivência.

Vivemos no mundo, mas as vezes parecemos viver totalmente fora dele. Quando você só olha os jornais e as noticias de outros países que estão enfrentando crises, o que você faz? critica ou vai atras? vai se perguntar, vai se questionar por que a “Ordem e o Progresso” não estão acontecendo naquele lugar?, e quais são os motivos, as guerras, as religiões, as políticas etc?. Pois é, e assim parece que aprendemos pouco, as grandes mentes pensamentes da nova geração estão se preocupando mais em se destruir no que se unir.

O sensacionalismo atrapalha a interpretação

Bilhões de pessoas ainda não conseguiram interpretar ou conhecer o conceito de política, não conseguiram ainda parar pra pensar. Qual é nossa realidade. Hoje muitos falam da rede “Globo” e a perca da sua credibilidade em grandes porcentagens, e que ela está em declínio. A maior rede de TV brasileira e um dos orgulhos de Roberto Marinho estão sendo destruídos aos poucos. Você que já se julga ser de uma geração mas consciente vai lembrar, como eram os filmes da “Sessão Da Tarde”, “Tv Globinho”, Domingão do Faustão” e claro as noticias no “Jornal Nacional”.

Nessa época, os recordes eram de audiência, a Rede Globo, era a maior rede de comunicações, informações e entretenimento do país, quem não lembra das novelas como a famosa o “Clone”, que foi um dos assuntos mais comentados no mundo naquela época. Mas ela era boa, embora os problemas de praxe do nosso país, mas nessa parte estávamos indo muito bem, perto de hoje.

A evolução vem junto com todas as escolhas e os medos, e não se pode ter vergonha de errar, você só deve se envergonhar de não arriscar a tentar e continuar tentando sem medo, em vez de ser feliz. E a todo tempo somos influenciados pelos rumores, tendencias, estatísticas de mercados, políticos dramaturgias do cinema e muito mais.

A cooperação entre os meios de comunicação

Me lembro que em outras épocas e em alguns momentos entramos em colaboração por interesses comuns. Em algumas transmissões da rede Globo no programa do Fausto Silva, eles entravam ao vivo com outras emissoras de TV como SBT e TV Record e com seus apresentadores de maior sucesso conversando e trocando informações para o povo e em beneficio dele. Esse é o dever dos meios de comunicação na sociedade, informar de forma imparcial sem interesses próprios ou em benefícios, pois o único interesse deve ser preocupação em dar uma noticia da melhor forma, e mais interpretativa possível pra todas classes.

Você com certeza vai recordar que em alguns momentos você viu, Faustão falando ao vivo com o Gugu Liberato, e com Carlos Massa (O Ratinho), mesmo alguns já tendo trocado de emissoras. A cooperação é muita importante entre as pessoas, isso move o mundo, isso move a vida, isso nos move e gera uma ação, e como dizia Nilton pra “Pra toda ação, existe uma reação”, e acho que nos esquecemos dessa lição de física que at[e hoje estão nos livros de escola, no nosso passado.

O poder das Redes Socais

São em momentos como estes e tempos de crise, que somos testados e postos à prova da nossa capacidade de coexistir em sociedade. As redes sociais se tornaram a maior forma de união de pessoas, produtos e dados já vista em todo o planeta. Nunca estivemos tão conectados na internet, principalmente nos últimos tempos de “Quarentena” e estamos tendo o poder de nos questionar e criar nossas próprias narrativas, pois bem, mas o que mais vimos são pessoas brigando, e trocando algumas ofensas na internet. Mas a verdade é que deveríamos estar sendo mais solidários, menos histéricos, ofensivos e pensando em bem um comum. Gente que é contra que a economia não pode parar em meio a epidemia no nosso pais, gente que diz que tem parar tudo e isolar tudo e a todos.

O momento tem que ser de calma, precisamos olhar o exemplo de outros países como a China, nas cidades aonde a epidemia começou, já estão planos para voltar a sua vida normal, enquanto por aqui, estamos pensando em futuro e com mais medo do vírus, do que ele deveria ter de nós. A vida por lá vai voltar a continuar para os mais de 1 bilhão e 400 milhões de chineses. Por lá a questão da saúde nos da exemplos de como construir até hospitais por aqui, temos muito que aprender uns com os outros.

Os ataques dos dois lados

Não foi difícil ver nas redes também a troca de “Farpas” entre os internautas que são à favor do governo e outros que são contra. Fazendo com que ficássemos mais ainda, um contra os outros, quando na verdade deveríamos estar contra o vírus, e as perdas que ele vem deixando pouco a pouco.

Confira alguns comentários e memes da internet.

E assim continuamos com muitas ofensas, poucas soluções para conter o vírus, e um colapso de uma economia.

Histórico de Epidemias na Ásia
Reunião dos líderes da BRICS 2019 Foto: Marcos Corrêa/PR

Moral da história

A crise vai passar como passou em outras vezes na China e no resto do mundo. Sempre foi assim, e sempre vai ser. Mas que aprendamos algumas lições com esse vírus e com esse medo. Tenho certeza que depois que isso vírus passar, algumas janelas de oportunidades se abrirão. É possível e estatístico que a China possa chegar ao titulo de maior potencia mundial, e já existem dados que possam comprovar, assim como dados de cientistas e médicos alertando uma PANDEMIA com consequências globais.

A grande verdade é que temos tirar isso como um aprendizado, isso prova o quanto somos céticos em acreditar nas coisas, e em nós mesmos. Existem 3 modelos principais de sociedade: Capitalismo, Comunismo e Socialismo. E temos muito aprender uns com os outros. Aonde somos exemplos, alguns países não são, aonde temos que melhorar um aspecto, outros países o dominam com eficacia e transparência, teríamos várias informações para trocar se fossemos pensar em compartilhar informações.

Vamos a uma breve revisão de 3 modelos de sistemas sociais:

O Capitalismo é um sistema em que o capital (dinheiro) está nas mãos das empresas privadas ou pessoas que contratam uma mão de obra em troca de salário.

O Socialismo é outro sistema, mas visa uma sociedade totalmente igualitária. Prega a igualdade das classes sociais e o controle de renda e comércio pelo Estado.

Comunismo é uma evolução do socialismo e também promove uma sociedade igualitária, sem classes sociais e você pertence o que você produz.

Essas são as mais resumidas conclusões dos 3 modelos de sociedade, e você pode e deve se aprofundar em cada delas, e optar por fazer diferente, isso mesmo! Estude cada um modelo mais abertamente, conheça seus pontos, fortes e fracos, seus erros e acertos, as notícias, os lideres e suas histórias.

Se você se interessou e quer saber mais sobre os sistemas leia também:

Qual a diferença entre capitalismo e socialismo?

Qual a diferença entre socialismo e comunismo?

Não escolha lados, escolha qual caminho seguir

E pela primeira vez não escolha um lado, e sim escolha o que for fazer você feliz. Muitas coisas só dão certo através de união, e para ajudar os outros, você pode também compartilhar boa informação, precisamos ser sensatos e ajudar uns aos outros. Acredite cada um de nós pode fazer a diferença na nossa, e nas vidas de alguém. Cada um destes “Sistemas” tem muito que aprender um com o outro. E que pudesse surgir um novo partido, um partido do “POVO” em vem dos “novos” que sempre aparecem nas eleições.

O verde e amarelo não pode virar o “Preto & branco” de recordações ruins, e sim as melhores fotografias de uma das melhores e mais experientes gerações das últimas décadas, uma geração que nasceu e viu, pós guerras, conflitos e crises, e que já nos contou ou ainda compartilha suas experiências e seus medos do passado. Mais do que perdermos pessoas próximas, estamos perdendo e nos perdendo em meio de nossa histórias.

Confira a baixo material do G1 depois do pronunciamento presidencial:

O texto já começa ofensivo e parecendo um contra ataque:

Contrariando tudo o que especialistas e autoridades sanitárias do país e do mundo inteiro vêm pregando como forma de evitar que o novo coronavírus se espalhe, o presidente Jair Bolsonaro criticou, em pronunciamento na noite desta terça-feira (24) em rede nacional de televisão, o pedido para que todos aqueles que possam fiquem em casa.

O que mais vemos por ai, são quantidades de noticias e especulações falsas e com várias narrativas, mais poucas soluções.

Continuando com a matéria…

Bolsonaro culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de “pavor”. E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma “gripezinha”.

Consultado, o Ministério da Saúde informou que não vai se posicionar sobre o pronunciamento do presidente.

Em 2009 o Governo Lula já enfrentava o medo de uma epidemia com a H1N1 no país, e alguns meios de comunicação já alarmavam a situação com as notícias, mas o pânico não tomou conta.

Posted by Joallysson Martins on Tuesday, March 24, 2020
Já em 2009 Lula já falava da gripe H1N1 no seu programa de rádio nacional e do pânico que ela vinha causando pelo mundo.

Confira o pronunciamento à Nação do presidente Jair Messias Bolsonaro divulgado, nesta quarta-feira (24), em rede nacional de rádio e tv:

Posted by Governo do Brasil on Tuesday, March 24, 2020
Pronunciamento oficial que já foi reeditado na tentativa melhorar as medidas contra do vírus

Os estudos mostram, as estatísticas mostram, os números de mostram, que em todos os tipos de gripe do mundo e inclusive aqui no Brasil, a realidade do que foi cada doença, e nesse caso temos um luta em especial com combates a doenças nativas daqui, como a dengue que é transmitida por uma picada de inseto com centímetros de tamanho.

continuação da matéria G1

Segundo o presidente, “raros são os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos de idade”. “90% de nós não teremos qualquer manifestação caso se contamine. Devemos sim é ter extrema preocupação em não transmitir o vírus para os outros, em especial aos nosso queridos pais e avós, respeitando as orientações do Ministério da Saúde”, completou.

Quem crítica, tem que saber ser criticado, e por não chegar a acordo nenhum, que as guerras travadas são de “narrativas” em vez de boas ideias, exemplos de solidariedade, exemplos de países que estão tendo sucesso no combate ao vírus, principalmente no campo da informação.

“No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado com o vírus, não precisaria me preocupar. Nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como disse aquele famoso médico daquela famosa televisão. Enquanto estou falando, o mundo busca um tratamento para a doença.”

No pronunciamento, Bolsonaro disse que os meios de comunicação espalharam “pavor” e provocaram “histeria” no país.

O velho jeito de falar brasileiro e seus ditados, e que podem e são geralmente interpretados de várias formas. Vamos lembrar que os homens, ao completar 18 anos, passam a ter obrigatoriedade de se apresentar a uma junta militar para o alistamento anual. Pra quem não é dispensado e segue a carreira, sabe que os exercícios físicos são constantes e faz parte do processo, assim como sua meta, de ter um corpo perfeito quando entra ou já está fazendo academia. Afinal de contas, não ficamos mais saudáveis quando praticamos exercícios? Quem da informação tem o dever de ser imparcial, e não falar de forma pessoal. “Falta aprender a interpretar mais, e uma prova disso sempre foi a falta de educação de qualidade no país”

Uma conclusão disso tudo

Bom o resto, você já viu, ou ainda vai ver as críticas, os panelaços as notícias ruins em vez de boas contra o coronavírus e seus exemplos de combate. Como brasileiro tenho fé e certeza que isso irá passar, e vamos vencer mais uma crise,mais uma vez, aonde muitos vão ter que se reinventar. Tenho quase certeza, que China, Brasil e EUA entre outros países da Europa e todas as Nações ficarão mais próximas do que nunca, e que se administrados de forma correta os desafios, nossas economias podem enriquecer juntas, e alinhadas com os interesses dos nossos povos.

Que por aqui façamos o maior acordo comercial da nossa história, aonde a China comprará muito de nós, e em todos os setores que o país de lá, não é tão bom ou forte como o daqui, mas onde a receita possa ser compartilhada. Que mais novas tecnologias nos conectem, comprando ainda mais barato do Mercado Chines, diminuindo ou zerando os impostos de produtos importados do país origem.

Disponibilizando mais acesso a tecnologia de qualidade por aqui, e ainda poder aprender com eles o seu sucesso, e de suas tecnologias, trocando informações que melhoram cada vez mais a vida das pessoas.

O Capitalismo, Socialismo e Comunismo podem sim coexistir, e outros sistemas também, mas tudo que precisamos ter mais respeito, pelos seus ideais, suas culturas, suas religiões entender primeiro antes de criticar. Somos ruins, aonde muitos são bons, e podemos aprender uns com os outros, e em todos os campos e áreas de pesquisa. Melhorar a vida das pessoas deve ser compromisso de um só partido, de um líder, e que seja o do povo, e para o povo de fato.

Veja também: Coronavírus: “Solidariedade”Outback vai doar ovos de páscoa exclusivos para ajudar pequenos comerciantes

Dica: 3 PASSOS PARA VIVER DEFINITIVAMENTE PRÓSPERO E FELIZ, e (aproveitando-se da quarentena).

Até a próxima…

Olá

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *